Biografia

Imagem do Autor

Elidérico Viegas

Elidérico Viegas, um dos notáveis rostos do turismo algarvio, nascido no Barrocal profundo, em Paderne, concelho de Albufeira, no seio de uma família modesta de pequenos agricultores, assumindo-se como um Algarvio de gema.
Frequentou o ensino secundário na Escola Industrial e Comercial de Faro, (EICF), actual Tomás Cabreira, tendo finalizado o Curso Geral do Comércio e frequentado a Secção Preparatória. Iniciou-se na actividade turística muito jovem, após frequentar um curso de turismo na Escola Hoteleira do Algarve, numa altura em que, como gosta de salientar, ainda não havia hotéis na região.
Desempenhou cargos de recepcionista, chefe de recepção, subdirector e director de hotel. É graduado em Gestão Hoteleira e possui vários cursos de gestão e marketing na área do turismo.
Esteve e participou na Guerra da Guiné entre os anos de 1971 e 1973. A partir dos 25 anos de idade, iniciou-se no mundo empresarial no turismo e em outros sectores de actividade, razão pela qual, desde muito jovem, foi convidado a desempenhar lugares de dirigente associativo, quer em estruturas regionais quer nacionais.
Fundador e dirigente de várias organizações associativas empresariais no Algarve e no País, é há muito considerado uma referência no panorama do turismo regional e nacional. Conhecido pela sua verticalidade e frontalidade na defesa dos interesses gerais que representa, foi fundador e Presidente da Associação dos Hotéis e Empreendimentos Turísticos do Algarve (AHETA) durante mais de 26 anos, fundador e vice-presidente da CTP — Confederação do Turismo Português, Presidente da Assembleia Geral do Turismo do Algarve (RTA) e Cônsul Honorário da República da Polónia durante mais de 15 anos.
Foi distinguido, ao longo da vida, com várias condecorações, entre as quais se destacam a Medalha de Mérito Turístico, atribuída pelo governo português; e a eleição de Personalidade do Ano, atribuída pela Associação da Imprensa Regional do Algarve (AIRA).
Foi ainda eleito por um Júri Independente “Primus Inter Pares” por duas vezes; tendo sido considerado uma das vinte figuras mais relevantes do Algarve e uma das trinta personalidades que mais contribuíram para o desenvolvimento do turismo em Portugal.
Agraciado com a Grã-Cruz da Ordem de Mérito, Grau Ouro, pelo Presidente da República da Polónia, (Grande Oficial), foi também distinguido com a Medalha “BENE MERITO”, atribuída pelo Ministério dos Negócios Estrangeiros da República da Polónia.
Participou, regularmente, como orador em conferências, congressos, seminários e encontros sobre turismo, quer a nível nacional, quer internacionalmente. É cronista regular em órgãos de comunicação social regionais, nacionais e da especialidade, tendo elaborado vários estudos e documentos sobre a actividade turística do Algarve e o turismo em geral. Está ligado à actividade turística há 56 anos.